Relatórios de Auditoria

2019

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 2260.1623.19

O trabalho foi realizado em virtude da necessidade de se avaliar o grau da aprendizagem organizacional e de implementação de práticas e estruturas necessárias à gestão de riscos, no âmbito da Fundação Ezequiel Dias, tendo em vista a relevância dessa ferramenta que, ao fornecer informações estratégicas sobre os processos relevantes da instituição, atua como instrumento de predição e subsídio para a tomada de decisões e, assim, fornecer aos gestores informações sobre aspectos que necessitam ser aperfeiçoados, de modo a potencializar o alcance dos objetivos estratégicos da entidade.

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 1260.0928.19

O trabalho visou o diagnóstico de Autoavaliação da Maturidade em Gestão de Riscos realizada pelos servidores, na Secretaria de Educação, por meio da medição do grau de consciência organizacional no que tange a implementação de práticas e estruturas necessárias à referida gestão de riscos

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 1270.0924.19

O presente trabalho de avaliação teve como objetivo medir a percepção dos servidores da administração pública direta do Estado de Minas Gerais acerca dessa aprendizagem organizacional quanto à gestão de riscos, para proposição de ações de aperfeiçoamento que propulsionem o processo de indução de melhorias nas práticas de gerenciamento de risco na Administração Direta do Poder Executivo Estadual.

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 1300.0940.19

O trabalho visou o Diagnóstico de Autoavaliação da Maturidade em Gestão de Riscos, realizado com os servidores, sobre o estágio de maturidade em gestão de riscos, na Administração Direta do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais, por meio da medição do grau de consciência organizacional no que tange à implementação de práticas e estruturas necessárias à referida gestão de riscos.

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 1320.0935.19

O presente trabalho de avaliação teve como objetivo medir a percepção dos servidores da administração pública direta do Estado de Minas Gerais acerca dessa aprendizagem organizacional quanto à gestão de riscos, para proposição de ações de aperfeiçoamento que propulsionem o processo de indução de melhorias nas práticas de gerenciamento de risco na Administração Direta do Poder Executivo Estadual.

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 1370.0936.19

O trabalho visou medir a percepção dos servidores sobre o conhecimento em gestão de riscos e o grau de maturidade em gestão de riscos, na administração pública direta estadual, tendo em vista a relevância dessa ferramenta que, ao fornecer informações estratégicas sobre os processos relevantes da instituição, atua como instrumento de predição e subsídio para a tomada de decisões

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 1460.0926.19

O presente trabalho de autoavaliação teve como objetivo medir a percepção dos servidores da administração pública direta do Estado de Minas Gerais na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, acerca dessa aprendizagem organizacional quanto à gestão de riscos, para proposição de ações de aperfeiçoamento que propulsionem o processo de indução de melhorias nas práticas de gerenciamento de risco na Administração Direta do Poder Executivo Estadual.

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 1520.0872.19

O presente trabalho de autoavaliação teve como objetivo medir a percepção dos servidores da administração pública direta do Estado de Minas Gerais acerca dessa aprendizagem organizacional quanto à gestão de riscos, para proposição de ações de aperfeiçoamento que propulsionem o processo de indução de melhorias nas práticas de gerenciamento de riscos na Administração Direta do Poder Executivo Estadual.

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 2300.1806.19

O trabalho teve por objetivo realizar a avaliação em gerenciamento de riscos do processo de Multas decorrentes de medidas ambientais do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais – DEER/MG.

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 1100.1774.19

Trata-se da avaliação do gerenciamento de riscos do processo de registro e taxação de direitos e descontos que geram alterações financeiras na folha de pagamento, havendo cálculo automático ou lançamento manual da verba, por meio do levantamento de informações com os gestores da Ouvidoria-Geral do Estado, visando identificar possíveis riscos do processo e eventuais fragilidades existentes nos controles internos administrativos existentes.

Sumário Executivo do Relatório de Auditoria Nº 2320.1779.19

O trabalho visou a avaliação do gerenciamento de riscos no processo de manutenção corretiva de equipamentos críticos da Fundação Hemominas.

Relatório de Controle Interno 2019

Avaliação de conformidade de processos de pagamento de despesas classificadas em “Outras Indenizações e Restituições” - elemento item da despesa 93-99 e com a especificação de “Trava de Domicílio Bancário” no históricoda Ordem de Pagamento. 

 

Nota sobre o Relatório

Avaliação da execução financeira do Contrato de Concessão Administrativa nº 9001375/2011, de 23/12/2010, da Unidade de Atendimento Integrado – UAI Fase I, no período de janeiro a dezembro de 2017.

O presente trabalho foi realizado visando gerar subsídios para aperfeiçoar os mecanismos de governança e a composição da Câmara de Atividades Minerárias – CMI do Conselho de Política Ambiental – COPAM.

 

Nota sobre o relatório

Auditoria de avaliação da conformidade dos processos de licenciamento ambiental do empreendimento Barragem I – localizado no Complexo Mina Córrego do Feijão, município de Brumadinho-MG – autorizados pelo Sistema Estadual de Meio Ambiente (Sisema) à Vale S/A.

 

Nota sobre o Relatório

 

Objetivo: Avaliação do gerenciamento de riscos dos processos de fiscalização e licenciamento ambiental de complexos minerários de ferro da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.  

 

Nota sobre o relatório. 

Revisão dos demonstrativos que compõem o Relatório de Gestão Fiscal (RGF), relativo ao 3º quadrimestre de 2018, elaborado pela Superintendência Central de Contabilidade Governamental da Secretaria de Estado de Fazenda (SCCG/SEF).

 
 

Deixe sua opinião!

O acesso ao relatório de auditoria foi fácil?
A linguagem do relatório foi de fácil entendimento?
Os temas tratados no relatório foram pertinentes e esclarecedores?
O relatório de auditoria atendeu suas expectativas?